Scoliosis Research Society (SRS)
Scoliosis Research Society (SRS)
Uma Organização Internacional Dedicada à Educação, Pesquisa e Tratamentos das Deformidades na Coluna Vertebral
Facebook
Artrodese com Instrumentação e Osteotomias

Em crianças mais velhas com cifose progressiva, a cirurgia pode incluir instrumentação (uso de hastes, ganchos, parafusos) que ajudam a corrigir a deformidade. Se a curva for muito rígida e não permitir a correção da deformidade através de técnicas convencionais, o cirurgião pode considerar a remoção de algumas vértebras malformadas para realinhar a coluna. O período pós-operatório é semelhante ao da artrodese in situ, até que se confirme uma artrodese sólida numa radiografia.

Seu médico pode recomendar uma osteotomia (corte no osso) para realinhar a coluna. Osteotomias de subtração pedícular são feitas ressecando-se a parte mais posterior da vértebra, permitindo assim encurtar a parte posterior da coluna. Ressecções vertebrais totais permitem a ressecção das partes anterior e posterior da vértebra através de um único acesso posterior. O cirurgião também pode recomendar acessos separados para a ressecção das partes anterior e posterior da vértebra.

Artrodese In Situ

Figura 1:
A&B) Radiografias de frente e perfil de uma criança com cifose lombar. Os pontos amarelos desenham a hemi-vértebra (vértebra em cunha) na figura B.
C&D) Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética mostrando a hemi-vértebra.
E) A área vermelha mostra o osso a ser removido numa osteotomia de subtração pedicular.
F&G) Radiografias de frente e perfil da criança após a cirurgia mostrando a correção total da curva.

Escoliose Idiopática
Quais são minhas opções de Tratamento?